Escrever sobre Andrey do Amaral é escrever sobre um dos escritores mais criativos brasileiros. É deixar patente a quem possa ler estas linhas que o cotidiano está à disposição de todos. Observar e poder pôr no papel, com graça e criatividade, a parte alegre de nossas vidas, é mérito de poucos. Não há muitos escritores com a sua característica. Espero poder continuar a desfrutar de seus livros aqui em Miami-USA: um bálsamo para o meu coração, o qual não deixa de ser brasileiro jamais.

Roberto kasinsky, empresário



Escritor, agente literário, livreiro, e mais outras tantas funções que exerce na sua profícua vida fazem de Andrey do Amaral uma figura primus inter pares, o primeiro entre iguais, alguém que a tudo que se dedica acrescenta algo de importância, porque ele é especial, e isso eu vi, quando, pela primeira vez, faz muitos anos, encontramo-nos e tornamo-nos amigos para sempre.

Prof. Doutor Carlos Aberto dos Santos Abel



O livro Novo (e Divertido) Acordo Ortográfico do professor Andrey do Amaral contribui de forma bem humorada para a compreensão das novas regras destinadas à unificação da língua portuguesa entre os países membros da CPLP. Pelas explanações didáticas e acurado trabalho de pesquisa do autor, esta obra se constitui em referência para os que buscam utilizar no seu dia-a-dia, a nova estrutura normativa do português.

Senador Valdir Raupp (PMDB-RO)



Convivi com o Andrey em 2008, ano do Centenário de morte de Machado de Assis, ocasião em que fizemos palestras na BDB (Biblioteca Demonstrativa de Brasília) e na ATL (Academia Taguatinguense de Letras). Senti sua dedicação à cultura bem como o seu conhecimento esmerado.

Prof. Doutor Sérgio Waldeck de Carvalho (UnB)



Cumprimento-o pela obra (...) e parabenizo-o, também, pelo sucesso do livro e de seu trabalho de divulgação da obra de Machado de Assis. Sensibilizado, agradeço suas atenciosas referências ao meu respeito e a gentileza com que me distinguiu (...).

Senador Marco Maciel (PSDB)



Em tão rico e multifacetado elenco de intérpretes, como é o de Augusto Carvalho Rodrigues dos Anjos, integrado por vultos do porte de José Américo, passa a ocupar Andrey do Amaral, com este magnífico Augusto dos Anjos na claridade da meia-noite, o espaço que a relevância de suas pesquisas e o apuro seletivo de seus critérios analíticos lhe garantem.

Ronaldo Cunha Lima, ex-Governador do Estado da Paraíba



 

Andrey nos potencializa a sede do melhor (tanto do mestre como do aluno, tanto do especialista como do leigo). Tolo é quem não gosta. A análise desse trabalho é uma terapia prazerosa, que transcende a própria leitura. Andrey do Amaral é um ilustre amigo de editora e das letras.

Artur da Távola, escritor



 

Andrey do Amaral é um autor versátil, dotado de incomum criatividade, e que tem a habilidade de prender o leitor ao texto de suas obras, tal é a maneira agradável com que escreve e descreve.

Gisela Blandes Bluhm, editora executiva Imperial Livros



 

Quando conheci o Andrey, estava publicando o meu livro O menino e o trem pela Ao Livro Técnico. Ele fez elogios e críticas tão pertinentes que me encantei com sua delicadeza e sinceridade. Que tenhamos uma amizade duradoura por meio de nossa editora em comum

Antonio Olinto, Academia Brasileira de Letras



 

Oscilando entre o tradicional e a vanguarda, o autor nos dá sua visão de mundo, a sua polaridade, num mundo que também o é desta forma. [...] É o que encontramos na obra de Andrey do Amaral.

Branca Bakaj, ex-presidente da ANE – Associação Nacional de Escritores



 

Como é louvável a divulgação de sua obra, tal como idealizou Andrey do Amaral em O máximo e as máximas de Machado de Assis [...] uma homenagem pessoal, certo, mas também um tributo de admiração de toda uma geração jovem que desperta para a vida e a literatura.

Ubiratan Machado, especialista na obra de Machado de Assis



 

Seu texto de depoimento não é ausente, nem abstêmio, nem alienado. É um texto de depoimento, testemunho e participação em todos os planos da linguagem.

Augusto Estelita Lins, embaixador diplomata



 

De uma forma simples e bem humorada, Andrey do Amaral consegue se aprofundar em qualquer tema, fazendo o leitor se deliciar a cada parágrafo. Ler o Andrey me dá o mesmo prazer de tomar uma taça de champanhe francês.

Alex Ferrer, promoter e bon vivant

 

 

© Copyright Andrey do Amaral - Todos os direitos reservados - desde 2002